Conecte-se conosco

Carlos Barbosa

La grande festa di Chies: Uma festa pra gringo nenhum por defeito

Publicado

em

Te imagina 1,5 mil descendentes de italianos reunidos em um só local. Orquestrar tudo isso é uma missão quase que impossível, afinal, além de falar muito gesticulam o tempo todo, deixando evidente que são originários daqueles que vieram da região do Vêneto, norte da Itália.

Mas, sabe-se lá como, a comissão organizadora deu jeito de deixar tudo a contento, tanto que os descendentes de Giovani Chies, vindo da comune Ciser em 1879, estavam até comportados (dentro da possibilidade italiana de manter silêncio). O primeiro encontro da Família Chies teve como palco a comunidade de Coblens, interior de Carlos Barbosa, fazendo menção ao imigrante, sua esposa e filhos.

A festividade iniciou ainda durante a semana quando da vinda de italianos “originais”, que trouxeram consigo, até, mudas de macieira que alimentaram os Chies que de lá imigraram. Lino, Joseppina, Serena, Dario e as meninas Anna e Irene estavam tão impressionados, afinal, não imaginavam que houvesse um Brasil tão italiano no Sul de nossa pátria.

No sábado, dia 11, oportunidade de turismo cultural, etilico, gastronomico e religioso, no Encontro da Saudade. Domingo, o ápice dos festejos, com a presença de Chies de vários recantos do mundo, inclusive dos Estados Unidos. Brasileiros dos diferentes estados se fizeram presentes. E os gaúchos, em sua maioria, foram prestigiados também pelo governador José Ivo Sartori. Já do vale do Caí moradores de Salvador do Sul, São Pedro da Serra, Barão, Feliz, Bom Princípio, Caí e Montenegro.

Além da comilaça tipicamente italiana, o evento contou com boa música, lançamento do livro Chies no Brasil, escrito por Aldo Francisco Migot. O hino da família, composto por mãos, e o DVD histórico também foram apresentados ao público.

Em três anos novo encontro acontecerá, em local a ser definido, mas o certo é que os organizadores já se preparam, fazendo a avaliação de tudo o que se passou.

Esta foi uma festa – e que festa – pra gringo nenhum botar defeito. Se as cores e aromas da Itália estão vivos no interior do Brasil é porque os imigrantes souberam valorizar a sua cultura com grande paixão e dedicação.

 

DSCF5214 DSCF5207 DSCF5205 DSCF5140 DSCF5137 DSCF5126

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − três =

Carlos Barbosa

Santa Clara participa da Expointer

Publicado

em

A Santa Clara esteve presente na 40ª Expointer. Nesta edição, a Granja Tang, associada da Cooperativa Santa Clara, sagrou-se campeã no Concurso Leiteiro, na categoria Vaca Jovem com a Tang Sali Buxton 8158. A fêmea de três anos produziu 66,14 quilos em 24 horas. O tambo de Farroupilha conquistou o título de Reservada Vaca Jovem com a Tang Roberta Carli Raquel Atwood e obteve o primeiro lugar nas categorias 1 ano parida, 2 anos Sênior e Vaca Vitalícia.

Os julgamentos da raça holandês ocorreram na quarta-feira, dia 30, para os animais Jovens, e quinta-feira, dia 31, para os Adultos. O resultado do Concurso Leiteiro foi conhecido na terça-feira, 29 de agosto.

Nesta edição, a Cooperativa esteve representada por 10 produtores, com 32 animais inscritos, entre terneiras, novilhas e vacas da raça holandês. Participaram os associados Aguinelo Schafer, de Barão, Dieter Roese, de Salvador do Sul, e Itamar Tang, de Farroupilha. Já de Carlos Barbosa estiveram presentes os associados Antonio Jose Battisti, Luiz Baldasso, Delfino e Rogerio Cichelero, Geraldo e Vanderlei Cousseau, Inácio Jose Thums e Ivandro Thums, Mauro Benedetti e Valdir Zaro.

A Expointer segue até domingo, 03 de setembro, no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

Confira os resultados:

1º lugar na categoria 2 anos Sênior e Reservada Vaca Jovem: Tang Roberta Carli Raquel Atwood, de Orlando, Marcos e Itamar Tang;

1º lugar na categoria Vaca Vitalícia: Tang Evelin Fabulous 8055, de Orlando, Marcos e Itamar Tang;

2º lugar na categoria 3 anos Júnior: Tang Capeta Shottle Reginald 8160, de Orlando, Marcos e Itamar Tang;

2º lugar na categoria 3 anos Sênior e campeã do Concurso Leiteiro: Tang Sali Buxton 8158, de Orlando, Marcos e Itamar Tang;

5ª lugar na categoria 2 anos Júnior: Tang Aninha Classic 8189, de Orlando, Marcos e Itamar Tang;

5º lugar na categoria 3 anos Júnior: C. Santa Clara União 24740 Deia Favre, de Inácio José Thums e Ivandro Thums.

 

Macho jovem

1º lugar na categoria Júnior: Tang Colorado Mad Max 8213, de Orlando, Marcos e Itamar Tang.

 

Sobre a Santa Clara

Em 2017, a Santa Clara completa seus 105 anos de história, o que a faz a mais antiga cooperativa de laticínios em atividade no Brasil. A sua sede está localizada no município

 

de Carlos Barbosa e está presente através de seus 5.606 associados, em mais de 120 municípios gaúchos, atuando nos ramos de Laticínios, Frigorífico, Fábrica de Rações, Cozinha Industrial, Farmácia e 21 unidades de varejo, entre supermercados e mercados agropecuários, nos municípios onde possui associados. Atualmente possui um mix de 320 produtos, entre Laticínios, Frigorífico, Doces e Sucos.

Santa Clara - Vacas leiteiras

 

Continuar Lendo

Carlos Barbosa

Salvador se despede de seu vice-prefeito

Publicado

em

 

Há notícia que nenhuma pessoa com o mínimo de sentimento e sensatez gosta de dar, mas é necessário fazê-lo, cumprindo a vocação de comunicar.

 

Também não é recomendável que uma reportagem seja escrita em primeira pessoa, mas que seja lida então como o relato de alguém que perdeu um amigo.

 

Nas primeiras horas da manhã desta terça, dia 5 de maio, vinha a confirmação da morte de Paulo Zílio, o vice-prefeito de Salvador do Sul. Ele que havia sofrido um Acidente Vascular Cerebral no sábado, dia 2, estava internado na capital gaúcha, todavia, não conseguiu se reabilitar. A triste notícia caiu feito bomba na comunidade salvadorense. O seu sepultamento terá vez na localidade de Linha Comprida, onde este filho de descendentes italianos morava. Casado com Rose Claer Zilio, Paulo, teve dois filhos, Patrícia e Rodrigo, e partiu para a morada eterna com 53 anos.

Luto oficial foi decretado e a bandeira está à meio mastro.

Conheci Paulo Zílio em 2007, ano em que uma rua de Bom Princípio recebia o nome do finado deputado Júlio Redecker. Amigo pessoal de Redecker, Zílio estava lá, representando a família, os eleitores, os amigos, os filiados ao PSDB, enfim, a todos que gostavam do deputado. Naquele dia virou e disse, “os tucanos tem vantagem na política, tem bico comprido e rabo curto”. Brincou com a ave símbolo do partido e deu a entender que a ética era a sua conduta, tanto em sala de aula quanto na vida pública.

 

Na quinta-feira, 30 de abril, estava feliz. Radiante. Via a inauguração do Posto de Saúde construído no município e comemorava a conquista da administração da qual participava de maneira ativa. Esteve ao lado da prefeita Carla Specht e olhava atento para as pessoas buscando ser prestativo. E como sempre, foi.

 

Durante o coquetel de inauguração, virou para este repórter, e disse: “Fizemos bonito né? O povo de Salvador do Sul merece isso”.

 

A conversa rápida seguiu para alguns minutos e Paulo, antes de se despedir, virou e lembrou do dia 7 de outubro de 2012, quando da vitória nas eleições municipais. “Disse que seria uma chuva de votos, mas não precisava ter chovido tão forte depois… mas o que importa é que nós ganhamos e podemos fazer obras como esta, por Salvador”. Bateu nas minhas costas, deu uma risada gostosa e caminhou em direção a esposa Rose. Depois disso, apenas as lembranças ficarão.

 

Nenhuma palavra a mais se ouvirá, mas o grande político – três vezes vereador e por 2 anos e meio como vice-prefeito – deixará o seu legado. Que receba a paz de Deus e envie, aos zilhões de amigos, bênçãos do céu.

Paulo Zilio

Continuar Lendo

Carlos Barbosa

Iniciou a 10ª edição da Expoclara

Publicado

em

A 10ª edição da Exposição de Gado Leiteiro, Máquinas e Produtos – Expoclara – iniciou na tarde desta quinta-feira, dia 23 de abril, no Parque da Fenachamp, em Garibaldi. A abertura oficial contou com a presença de autoridades municipais e estaduais, direção e funcionários da Cooperativa Santa Clara, organizadora do evento, e convidados.

A Expoclara 2015 conta com 190 animais de alta genética das raças Jersey e Holandês expostos, 40 produtores participantes e 80 expositores de máquinas e implementos agrícolas.Expoclara 2015 - Brinde_Crédito Thiago Coutowww.coopsantaclara.com.br/expoclara.

 

Abertura Oficial

Primeiro a se pronunciar, o diretor da 10ª Expoclara, Carlos Alberto de Araujo, destacou a necessidade de troca de local para comportar as novas dimensões da exposição e o trabalho de todos os envolvidos no evento. “São mais de 25 anos de trabalho com o objetivo de valorizar o produtor de leite e incentivar o melhoramento genético do gado leiteiro junto aos produtores associados. De uma pequena feira, a Expoclara transformou-se hoje na maior exposição do Estado em número de bovinos leiteiros”.

O presidente da Cooperativa Santa Clara, Rogerio Bruno Sauthier, ressaltou e agradeceu a presença de todos os presentes, com um especial agradecimento à cidade de Garibaldi, por acolher a feira, que hoje é uma importante vitrine para a genética e o agronegócio. “A Cooperativa está aí para servir à comunidade”, completou.

Vergílio Perius, presidente da Ocergs/Sescoop-RS, falou com orgulho das cooperativas gaúchas, fazendo menção especial à Santa Clara. “Parabéns para as cooperativas. Parabéns para a Santa Clara, que demonstra que é preciso raízes para uma boa gestão”, colocou.

Representando a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, o deputado Elton Weber, destacou a importância da realização do evento. “Promover a 10ª Expoclara é mostrar o que somos, o que fazemos. Temos que espelhar no estado o que está dando certo nos municípios, nas comunidades. Que esta feira tenha o sucesso que ela merece porque as pessoas que estão engajadas neste evento o fazem com amor e dedicação”.

Finalizando os discursos, falaram os prefeitos de Carlos Barbosa, cidade sede da Cooperativa, e Garibaldi, local de realização da feira. O prefeito Fernando Xavier da Silva, de Carlos Barbosa, lembrou que a Santa Clara nasceu quando Garibaldi tinha pouco mais de 12 anos. “Estamos só voltando ao nosso local original. Talvez estejamos quebrando um paradigma hoje. Utilizar o parque de nossa cidade-mãe só nos engrandece. Hoje temos uma cooperativa com mais de 100 anos, moderna, atuante, forte. Se não fosse esse empreendedorismo, não estaríamos aqui”.

Por Garibaldi, o prefeito Antonio Cettolin também destacou a parceria com a Santa Clara e mesmo com o município de Carlos Barbosa. “A Santa Clara está dando um exemplo de integração regional e mostrando que sozinhos não vamos a lugar nenhum. Esse espaço não é de Garibaldi, esse espaço é da região, é da Santa Clara e em todos os momentos pode ser utilizado”, convidou o prefeito.

O frei Jadir Segala realizou a bênção que abriu oficialmente os trabalhos da exposição e na sequência as autoridades fizeram o tradicional brinde de leite.

Continuar Lendo

Trending