Conecte-se conosco

Bom Princípio

Aberta a colheita do Moranguinho

Publicado

em

Eis que os morangos, em forma de coração, já se destacam nas mesas das famílias gaúchas. E dentre eles, com o devido destaque, estão aqueles produzidos em Bom Princípio, com a qualidade que se faz reconhecida há anos.

A safra iniciou, oficialmente no dia 10 de agosto, sendo a primeira colheita feita pelas belas soberanas do município juntamente com o produtor Fabrício Seidl.

A propriedade rural da família de Fabrício é, sem dúvida, um exemplo da sucessão de gerações na vida do campo. Fabrício, que é a terceira geração da mesma família atuando na propriedade, dá prosseguimento ao trabalho iniciado por seu avô materno Ilmo Alles, de seus pais e de seus tios. Assim, com a mão de jovens lidando com a terra mostram que é possível, sim, manter e ampliar os trabalhos no campo com avanços tecnológico, associados à inspiração e transpiração. “Damos continuidade ao trabalho que foi iniciado há muitos anos, sendo o plantio de morangos importante para a nossa família e para o nosso município”, destacou Seidl, lembrando o trabalho do avô, do pai e dos tios que dedicaram seus dias à labuta rural.

Parte do calendário municipal de eventos, a abertura da safra neste ano teve ares mais intimistas, estando apenas as soberanas da Festa Nacional do Moranguinho em meio à lavoura representando a toda a comunidade. Mostrando que a vida não para nas lavouras, as soberanas promoveram a colheita de moranguinhos, valorizando assim a atividade rural que é a marca registrada de Bom Princípio.

Não há, em 2020, edição da Festa Nacional do Moranguinho estando a próxima agendada para 2021, mas a produção de morangos, é claro, não pode cessar. O pequeno fruto doce e de tom avermelhado segue tendo estrelato permanente em grande parte das mesas, assim, com a simbólica colheita feita por Caroline Reuss, Andressa Henz e Daniela Flach, inicia-se a safra do ano, na esperança que os saborosos frutos possam adoçar um pouco os meses que restam deste 2020 tão diferente do que todos sonharam.

Conforme a secretaria municipal da agricultura a expectativa de colheita neste ano é cerca de 680 mil quilos de sua fruta símbolo, que é produzida por 80 famílias. “A estiagem e depois as cheias trouxeram perdas, mas temos a esperança de uma boa safra. Em anos de Festa do Moranguinho, por motivos evidentes, a área plantada é maior e, consequentemente, a safra também”, citou o secretário da Agricultura Daniel Lermen. Além da qualidade que deu fama aos morangos bom-principienses (e ao próprio município), a fruta é uma das principais referências para manter os produtores em suas terras. Inclusive as novas gerações que estão permanecendo nas propriedades e se qualificando para tocarem adiante os negócios das famílias.

Alexandre Matusiak, extensionista da Emater, garante que o clima atual – mais quente durante o dia e frio a noite – tem favorecido o bom desenvolvimento das frutas, que deverão ter escoamento garantido no mercado, chegando doces, bem vermelhas e saudáveis ao consumidor. Com quase 50 anos de história neste cultivo, Bom Princípio é tida como a Terra Nacional do Moranguinho. A Emater/RS-Ascar, que atua por meio de parceria com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) do Governo do Estado, apoia os agricultores em todas as etapas de produção da fruta.

De acordo com a Emater, que dá suporte aos produtores locais, a evolução se deu graças as melhorias como a introdução de estufas altas, que aumentaram a produtividade e possibilitam trabalhar em pé e cobertos da chuva – além de reduzir cerca de 80% a necessidade de insumos químicos. Além da própria produção orgânica, que conta com vários adeptos no município, e dos subsídios pagos pela prefeitura na compra de mudas importadas.

“Cabe lembrar que além da Emater e da Secretaria Municipal da Agricultura, o Sindicato de Trabalhadores Rurais, e as associações (Bom Morango e Eco Morango) também não medem esforços pelo êxito do trabalho do setor primário, valorizando, em especial, o cultivo da fruta símbolo do município”, pontua o vice-prefeito Joãozinho Weschenfelder que, também, é produtor rural e cultiva morangos junto com seus familiares.

Não por acaso, praticamente 100% da produção bom-principiense é vendida in natura no Ceasa, em Porto Alegre, e em marcados da Região Metropolitana e Serra. E, também não por acaso, o produto é marca de Bom Princípio, com direito a um pórtico gigantesco, no formato da fruta, no Parque Municipal.

“Vivemos dias diferentes de tudo o que conhecíamos até aqui de tal forma que precisamos nos adaptar. Nos afastamos das pessoas por precaução, mas jamais poderíamos nos afastar da nossa fruta símbolo, afinal, alimentação saudável e de sabor sem igual sempre fará parte de nossas vidas. Valorizamos, em especial, aos que cultivam a terra, que produzem alimentos, e assim, com a abertura da safra do moranguinho estamos reconhecendo o esforço de tantas famílias em trazer às nossas mesas o que há de melhor em Bom Princípio”, salienta o prefeito Fábio Persch.

Não se tratava do Jardim do Éden, mas era na localidade do Paraíso, na propriedade da família Seidl, a abertura da safra. Havia no local as encantadoras soberanas, representando a beleza da gente de Bom Princípio, e claro, frutas, as melhores frutas: morangos!

Fotos: Juli Klering/Divulgação

Texto: Alex Steffen

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =

Bom Princípio

Luiza Barbosa invade ensaio on-line

Publicado

em

Márcio Buzatto, regente do Coral de Meninas de Bom Princípio, deu um jeitinho de aquecer a fria noite de quinta, 2 de julho. E um jeitinho pra lá de inusitado, trazendo para o ensaio virtual a bela e doce Luiza Barbosa.

A gauchinha que conquistou o Brasil no The Voice 2019 foi convidada para um bate papo com as gurias do coral de Bom Princípio e claro, rolou uma interação bem bacana entre as adolescentes e jovens integrantes do coral com a artista.

Assim como pessoal, também na telinha do computador Luiza se mostrou doce e afável. Ganhou de pronto a simpatia de todos e assim foi dialogando, falando sobre música e dando dicas de técnica vocal. O cantar é algo que vem de dentro, sim, mas para que seja possível fazer isso bem é necessário ir além da vocação. Doar-se à música, falar com o olhar, estudar cada melodia, convencer a quem ouve, enfim, cantar e encantar. Esse é o real espírito de quem, como Luiza, vive a música em sua integralidade.

As meninas, é claro, esperam poder um dia encontrar Luiza pessoalmente e com ela cantar, mas como aperitivo a invasão do ensaio de ontem (autorizada pela regente) foi uma excelente pedida.

O Coral de Meninas de Bom Princípio conta com apoio da municipalidade sendo um dos projetos culturais do município ligados à música.

Continuar Lendo

Bom Princípio

Formatura de colorado viraliza na internet

Publicado

em

https://www.youtube.com/watch?v=EliFi8kmQoo
É nesse endereço que se pode ver a emoção do jovem Francisco Baumgratz, na semana passada, quando recebeu o diploma de Técnico em Mecânica, na Fundação Liberato. Filho de Tânia e Vanderlei “Deco” Baumgratz não se fez de rogado ao escolher a trilha sonora da sua entrada triunfal. Foi com a narração de Pedro Ernesto Denardin, do gol histórico de Adriano Gabiru, dando o título mundial ao Sport Club Internacional.
Ainda que tivesse apenas seis quando do título, Chico, lembra ter ouvido o gol na Gaúcha, sentado no colo do seu pai. 13 anos depois, poucos dias antes da celebração do aniversário do título colorado, Baumgratz fez lembrar do momento que marcou sua vida quando menino. “Como estava chegando dia 17, decidi unir dois momentos muito importantes para mim com essa homenagem ao Mundial e ao meu ídolo Fernandão”, destacou o mais novo técnico em Mecânica.
Destaque na mídia gaúcha, o vídeo viralizou, tendo mais de 100 mil pessoas assistido o mesmo pelo twitter, isso sem contar as milhares de pessoas que receberam o mesmo pelo whatsapp, fazendo com que a história de Francisco Baumgratz fosse contada em prosa e verso nas mídias tradicionais do Rio Grande do Sul e comentada até por dirigentes do Inter.

Continuar Lendo

Bom Princípio

Lucro da Festa do Moranguinho é de R$ 590 mil

Publicado

em

E quem foi que disse que “segunda-feira é o pior dia da semana”? Para o presidente da 18ª Festa Nacional do Moranguinho, Leandro Dewes, uma segunda-feira como essa de 11 de novembro merecia ser valorizada com o anúncio que se esperava desde o final de setembro: o resultado financeiro da Festa Nacional do Moranguinho.
“Juntos fizemos a mais linda festa do moranguinho de todos os tempos! E com os melhores resultados até então. Isso tudo fruto da enorme capacidade de todos. Obtivemos nesta edição um lucro de R$ 590.869,14”, destacou Leandro Dewes, dando o mérito à comissão organizadora da festa e a todos que se envolveram nela.
De acordo com Dewes, com este excelente resultado a Associação Comunitário Bom Princípio, que é quem está à frente da Festa do Moranguinho, irá beneficiar o maior número de pessoas, de forma a gratificar de alguma forma, cada munícipe residente em Bom Princípio.
Segue abaixo os locais onde serão aplicados os recursos:

  • R$ 29.543,45, o que representa 5% do total, será repassado para a Brigada Militar, conforme tratado previamente.
  • Será realizada reformar do caminhão do Corpo de Bombeiros, conforme solicitado pelo comandante Paulo Portinho.
  • Compra de telhas para o prédio da Escola Monsenhor José Becker.
  • Destinação de R$ 100 mil para execução de nova praça no loteamento Jardim do Vale, conforme tratado com o presidente da câmara de vereadores, João Rodrigues, quando da confirmação do apoio legislativo à festa.
  • Reestruturação da Praça do Paraíso do Vale, com a instalação de postes, brinquedos, muroflor.
  • Destinação de recursos para praça no Bom Fim Alto, no loteamento Primavera.
  • Destinação de verba para implementação de praça na rua Irmão Weibert, na Vila Schmitz.
  • Destinação de verba para implementação de Praça na rua da Saibreira, no Morro Tico-tico.
  • Destinação de verba para implementação de Praça na localidade de Paraíso.
  • Destinação de verba para implementação de Praça no Loteamento Gauger.
  • Aquisição de dois ar condicionado de 30 mil BTUS para o Centro de Convivências.
  • Cercamento da praça do Parque municipal e quadros elétricos.
  • Destinação de R$ 100 mil a serem repartidos entre escolas e EMEIS do município para a execução de obras e compras de equipamentos.
  • E, por fim, destinação de R$ 100 mil para a revitalização do antigo traçado da RS 122.

De acordo com o prefeito Fábio Persch, que participou da solenidade juntamente com a imprensa regional, o sucesso da festa tem relação com o histórico do evento, que está em uma crescente, além do que conta com uma comissão organizadora focada e empenhada para que a Festa Nacional do Moranguinho seja a face de Bom Princípio e de sua comunidade. “Como prefeito só tenho que agradecer, pois tive o privilégio de ver, nos nossos primeiros anos de mandato, serem realizadas as duas maiores festas que a nossa região já viu. O mérito é de todos. Destaco o profissionalismo que há na comissão organizadora e o comprometimento de cada um dos que atuam em favor de Bom Princípio e sua festa maior”, frisou Fábio Persch lembrando que somadas as duas edições da Festa Nacional do Moranguinho, realizadas em 2017 e 2019, passaram por Bom Princípio, 253 mil pessoas. “Somos um município de apenas 14 mil moradores e conseguimos, graças à nossa festa, estar na vitrine do Estado e do país”, destacou o prefeito, lembrando que o evento de 2019 contou também com shows internacionais, vindos da Argentina e da Alemanha, ampliando assim o seu aspecto cultural.
O presidente da festa destaca ainda que boa parte do êxito do evento pode ser creditado ao envolvimento da comunidade e das entidades, lembrando que a contratação dos shows foi feita em parceria com uma produtora, que teve suas responsabilidades e também retorno financeiro. “Agradecemos a confiança que a produtora em nós depositou aceitando trazer grandes shows a Bom Princípio, sendo excelente para ela e também para nós o resultado de público. No que diz respeito ao retorno obtido, agradecemos, em especial, às pessoas que viveram a Festa do Moranguinho, fazendo com que, em 10 dias, boa parte do país sentisse o aroma dos morangos que surgiam nas mídias tradicionais e sociais. O sucesso do evento é reflexo de um esforço conjunto”, pontuou Dewes, evidenciando que a organização do evento fica por conta da Associação Comunitária Bom Princípio e os seus muitos voluntários.
Não se pode mensurar o giro financeiro total que a Festa do Moranguinho tem, afinal, a comunidade como um todo está envolvida. São restaurantes, hotéis, estacionamentos, postos de combustíveis e, especialmente, produtores de morangos, que comercializam expressivos valores durante a festa, ainda que não estejam dentro do parque municipal. No lucro de R$ 590,8 mil também não foi feita qualquer cálculo que envolvesse as entidades, como clubes de futebol, CTG ou clube de mães, que tiveram estande na festa. Se isso fosse contabilizado o retorno financeiro direto da festa iria, no mínimo, dobrar.
Com apenas 10 dias de festa, 130 mil pessoas passaram pelo parque municipal, trazendo este envolvimento popular, também, bom êxito financeiro, para a entidade que organiza a festa, e, claro, às entidades envolvidas. Afinal, uma festa bem-sucedida como esta traz bons resultados para aquelas entidades que dela participaram, tendo sidos comercializados nesta edição da Festa Nacional do Moranguinho, mais de 27 toneladas de morango. O reflexo do exitoso evento de setembro, em Bom Princípio, será percebido por muitos anos em Bom Princípio.

Continuar Lendo

Trending