Conecte-se conosco

São Vendelino

Ex-prefeitos disputam prefeitura do Pequeno Paraíso

Publicado

em

Marlí x Leomar. Este é o cenário confirmado nas convenções partidárias no Pequeno Paraíso.

Reprodução (Jornal Primeira Hora)

Pelo MDB foi confirmado o nome de José Leomar Willrich, que foi o terceiro prefeito do município, para a disputa do pleito, tendo ao seu lado Vanduir Spiazzi (Fumo), como vice. Fumo está vereador na atual legislatura. Já Leomar é professor e pediu licença da escola para ser candidato.
A convenção realizada sábado confirmou também a nominata à vereança. 13 candidatos apoiam Leomar e Vanduir.
Adriano Prates Trindade
Carmem Alliati Birck
Daniele Regina Griebeler
Dilmar Patzlaff
Estela da Silva
Gerson Antônio Royer (Maninho)
Jarbas de Souza Lino
Jorge Antônio Willrich
Lirio Hoffelder
Paulo Werner
Régis Paulo Fritzen
Sérgio Chassot
Tatiana Shirley Souza Goldschmidt


Já pelo lado do PTB, foi escolhida a ex-prefeita Marlí Lourdes Oppermann Weissheimer como candidata ao lado de Margarete Kurmann Gosenheimer. Marga está atualmente como vice-prefeita, sendo servidora pública. Já Marlí, que foi diretora e professora, teve dois mandatos como prefeita.
A convenção desta segunda confirmou também a nominata à vereança junto com o SD. 22 candidatos apoiam Marlí e Margarete.
PTB
Inácio Lírio de Souza
José Magerl
Anderson Martins
José Adair Christ
Martina Seibert
Ademir Gonsalves de Oliveira
Rosane do Monte
Francisco Bernardi
Diogo Leopoldo
Emir José Kuhn
Andréia Neis
Daniel Baumgarten
Tatiane Bruchez
Mariana Becker Machado

SD
Agata Melissa Machado
Altair Schoulten
Loide Antonio Kurmann
Cláudio André Angst
Franciele Lutz
Jaqueline Born de Almeida
Sidnei Schaefer
Valadar Castro Pinto

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − nove =

História

Canônica deve voltar a ser prefeitura após o restauro

Publicado

em

A belíssima e histórica construção será restaurada com recursos da LIC e da esfera municipal

Pouco tempo depois da formação do município de São Vendelino, a antiga Casa Canônica, então da comunidade católica, viria a ser sede do executivo municipal. Uma opção que valorizava a história e a tradição local, além do que, vinha de encontro com o significado da palavra Canônica (aquilo que está de acordo com as normas estabelecidas). Se antes as normas eram ligadas à fé, como sede da prefeitura, as normas apresentadas eram ligadas à legalidade e aos princípios da gestão pública. Os anos se passaram, a casa foi tombada pelo patrimônio municipal e, por conta do estado precário de seu interior, foi desocupada esperando o anúncio oficial realizado na tarde desta quinta-feira, 2 de julho.

 

A doutora em planejamento urbano, Cristina Seibert Schneider e a arquiteta Leila Schaedler trouxeram ao executivo municipal o projeto detalhado para o restauro do prédio. Junto com a equipe também o contador Anderson Christ, que abordou as questões ligadas a captação de recursos a serem empreendidos na casa que voltará a ser sede do executivo. Além de ser o palácio do governo do Pequeno Paraíso, será também memorial histórico, recebendo espaço destinado ao acervo cultural em exposição.
A parte externa da casa ficará com as mesmas linhas e cores como foi edificada, não havendo qualquer alteração, até porque o casario com quase 100 anos merece todos os cuidados, preservando um legado que ultrapassa gerações. Já no interior da casa, onde a estrutura de madeira está bastante deficitária e comprometida, é permitida a realização de pequenas alterações. Assim, a Casa Canônica contará com acessibilidade, inclusive elevador, além do aproveitamento maior do porão, hoje parcialmente aterrado. O projeto de restauro é amplo e será detalhado com o passar dos meses, com elaboração de todos os projetos complementares e mais informações sobre a casa e a sua destinação.
“Além da Casa Canônica em si, estaremos valorizando a história de São Vendelino e adequando novamente sua finalidade, reafirmando laços com os nossos antepassados que, com grande esforço, construíram a nossa sociedade”, citou o prefeito.
Os recursos para a obra serão oriundos da Lei de Incentivo à Cultura (LIC) e também de recursos da própria municipalidade. Não se trata de um projeto de rápida execução, todavia, é a realização de um sonho da comunidade, que orgulhosa vê o prédio, em meio à cidade, como referencial de um outro tempo e um dos maiores cartões postais do Pequeno Paraíso.
“O município cresceu e o prédio ali continuará como baluarte de um município talhado com trabalho e aprimorado com educação, fé e determinação de seu povo”, finaliza o gestor municipal.

Continuar Lendo

São Vendelino

Vale Suíço receberá mais meio quilômetro de asfalto

Publicado

em

A expectativa dos moradores do Vale Suíço será concretizada dentro em breve. Foi conquistado e empenhado recurso no valor de R$ 250 mil junto ao Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR), contando com o apoio dos deputados Ronaldo Santini e Dirceu Franciscon, para realizar o asfaltamento de cerca de 500 metros na localidade de Vale Suíço.
De acordo com a administração municipal deverá ser feito asfaltamento de trecho de aproximadamente meio quilômetro, a partir do Ginásio de Esportes da localidade, em direção ao entroncamento da Linha Chico Pedro e do acesso ao município de Barão.
Segundo o prefeito Evandro Schneider o recurso extra orçamentário é de extrema importância para a realização da obra, além do complemento com recursos próprios do município para a pavimentação no Vale Suíço.
“Poderemos, desta maneira, fazer meio quilômetro de asfalto, o que é importante para a comunidade do Vale Suíço no que diz respeito à melhoria da qualidade de vida, e também permite melhorar o acesso para quem usa a estrada, já que facilita o escoamento da safra e melhora ainda mais a ligação entre os moradores locais com outras partes do município”, destacou o prefeito Schneider.
Recentemente a administração municipal realizou a duplicação da ponte na localidade do Vale Suíço, melhorando o fluxo de veículos no local, com muito mais segurança, e que agora vai permitir maior agilidade no processo de pavimentação.

Continuar Lendo

São Vendelino

São Vendelino é destaque no Gestor Público

Publicado

em

O projeto de Educação Fiscal no Pequeno Paraíso, colocado em prática desde 2018 envolvendo diversas secretarias, mas em especial Fazenda e Educação, colocou São Vendelino na vitrine gaúcha na noite de terça, 5 de novembro de 2019.
Desde a sua criação, em 2002, foram escolhidos mais de 900 projetos para figurar entre os mais bem sucedidos do Estado e, neste ano, São Vendelino, também conseguiu um grande destaque, mostrando que o trabalho no município é feito por muitas mãos. São Vendelino havia inscrito dois projetos no prêmio, o de Musicalização nas Escolas (desde os pequenos, coros e até a orquestra municipal), e o de Educação Fiscal foram enaltecidos.
“O projeto de Educação Fiscal no Pequeno Paraíso levou às escolas, de modo didático, o conhecimento de como funciona a gestão municipal, em especial na área financeira. Já o projeto de musicalização é amplo e faz com que cada participante dele seja, também, responsável pelo desenvolvimento do trabalho como um todo, orientando também aos que iniciam na música”, destacou o prefeito Evandro Luis Schneider.
E na hora da premiação dos projetos auditados e com melhor nota obtida, São Vendelino foi chamado ao palco sendo representado pelo seu prefeito. A Educação Fiscal, que atingiu a comunidade escolar de maneira maciça, formando uma compreensão ampla de como cada cidadão pode contribuir com a arrecadação, foi certificado como um dos melhores projetos do ano no Rio Grande do Sul.
“Sentimo-nos honrados pelo reconhecimento do projeto de Educação Fiscal no Pequeno Paraíso, sendo este uma das muitas ações diárias realizadas pelo município, todavia, este projeto, agora com o reconhecimento em nível estadual”, pontuou o prefeito.
A equipe que participou do projeto também esteve presente ao ato em Porto Alegre, sentindo-se valorizada, igualmente, pois ao ver o prefeito – representante máximo do município – no palco, obteve também o reconhecimento do esforço conjunto. “Às vezes parecem pequenas as ações que são tomadas, mas os resultados em favor do município são sempre benéficos, sejam eles gigantescos ou pequeninos”, pontuou o prefeito, reconhecimento o esforço de cada um dos servidores municipais.
Considerado o “Oscar das Prefeituras”, é a mais importante premiação de gestão pública no Rio Grande do Sul, sendo uma iniciativa de responsabilidade social do Sindifisco-RS e da Afisvec, entidades representativas da categoria dos auditores fiscais da Receita Estadual. Além de São Vendelino, dentro os projetos certificados e premiados, do Vale do Caí apenas Tupandi foi destacado.
“Sabemos que a educação é fundamental para o desenvolvimento do ser humano e, assim, da sociedade, dessa forma o Projeto de Educação Fiscal no Pequeno Paraíso foi uma oportunidade de levar aos alunos e seus familiares conhecimentos práticos de como cada cidadão pode colaborar com o crescimento sustentável da economia do município”, citou a secretária municipal de Gestão Pública, Marlí Lourdes Oppermann Weissheimer, que responde pelo setor da educação.
No Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, estavam reunidos empreendedores municipais dos mais diferentes lugares do Estado. O evento que contou com a apresentação da Winterschneise Blaskapelle (Orquestra Municipal de Bom Princípio) dava indícios de que a cultura e a educação seriam levados em consideração. Assim, com um ambiente festivo, de reconhecimento do trabalho, deu-se a 18ª edição do Prêmio Gestor Público.

Continuar Lendo

Trending