Conecte-se conosco

Política

Contra tudo e todos, Filé é prefeito

Publicado

em

Iniciado na política muito jovem, com menos de 30 anos, Sílvio Inácio de Souza Kremer foi eleito domingo o novo prefeito de São José do Sul.
Sílvio, que foi vereador e vice-prefeito, agora terá a oportunidade de estar prefeito por quatro anos. Ainda que todos os vereadores eleitos sejam do grupo adversário, Sílvio acredita que, com bom-senso seja possível trabalhar em prol da comunidade, unindo forças entre executivo e legislativo.
“Acredito ser possível fazer muito mais por São José do Sul, mas com responsabilidade, sem pensar exclusivamente em um ou dois partidos”, destacou Kremer, comemorando a vitória e focando o trabalho a ser realizado a partir de 2017.
De apelido Filé, Sílvio é formado em Gestão Pública, pela UCS, e tem experiência de trabalho na área pública. Além de ter sido vereador e vice-prefeito foi assessor parlamentar. Assim, com uma certa dose de experiência vai assumir a prefeitura de São José do Sul com o foco voltado para o povo, tendo o apoio do seu vice, Marcelo, que é servidor público, e conhece bem este setor.
Sem ligação com PP ou PSD, os partidos que já administraram São José do Sul, Sílvio apresenta nova proposta e vai trabalhar pelo povo da mesma maneira simples que conquistou os votos. Um cara que não tem trilhas de chão batido, com sua moto, não vai temer problemas na gestão municipal. Tudo se resolve, no caso dele, com persistência.

file

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + nove =

Bom Princípio

Ex-prefeito Baumgratz irá trabalhar com o governador

Publicado

em

Figura pública e conceituada há três décadas, César Luís Baumgratz, foi nomeado nesta terça-feira para atuar diretamente com o Governador do Estado, Eduardo Leite.

Baumgratz irá representar os interesses do Estado no que diz respeito à gestão estratégica do governo gaúcho, atuando junto ao governador e mediando situações de parcerias públicas privadas (PPP). Segundo Baumgratz uma das principais responsabilidades que terá diz respeito à desburocratização do setor público, buscando alavancar o desenvolvimento do Estado em relações próximas com as empresas.

“Iremos trabalhar em busca de uma transversalidade, aproximando as relação entre as secretarias e o executivo, assim, também os interesses da sociedade em favor do Rio Grande do Sul e o Governador”, citou Baumgratz, que já teve eventos junto com Eduardo Leite, nesta semana, no interior gaúcho.

Entre as prioridades de Cesar está a retomada do projeto do Cais Mauá, que, em 2009 ele iniciou no governo de Yeda Crusius, estando secretário de estado, e que agora ainda esbarra em questões burocráticas. “Precisamos resolver estas questões pensando no futuro do Estado, em uma evolução gradual e planejada”, menciona César.

Estar como assessor do Governador Eduardo Leite é interessante não apenas para César Baumgratz, mas também para toda a região do vale do Caí, tendo, assim, os prefeitos e empreendedores um elo a mais no Palácio Piratini. “Iremos buscar o desenvolvimento da região dentro do contexto estadual, afinal, sabemos da importância do vale do Caí para o Estado, não só como corredor de passagem, mas como polo de desenvolvimento estratégico”, pontuou ao final.

Continuar Lendo

Poço das Antas

Ricardo e Laércio vencem o pleito

Publicado

em

E quem foi que disse que uma derrota eleitoral abala um homem?
Para Ricardo Flach, isso é apenas uma constatação midiática, afinal, ele não deixaria se abalar por isso. Quatro anos depois de ter sido preterido pelo voto popular, o ex-prefeito veio, novamente, às urnas e, com o vice Laércio Klein venceu a disputa, tendo, novamente, a prefeitura de Poço das Antas a sua mercê.
Ricardo, que foi prefeito há quatro anos, tem conhecimento de causa na área pública, a tal ponto que, além da prefeitura, atuou em outros setores como na inspetoria veterinária, em Salvador do Sul.
Laércio, que se destaca pela intelectualidade, foi presidente da Sociedade Poço das Antas, assim como participou de maneira ativa na comunidade.
A pequena diferença de votos, uma das menores de toda a região, não parece problema para a dupla, afinal, vencer era importante. Mas, agora, o mais importante era unir a comunidade e trabalhar pelo desenvolvimento do todo.

“Ficamos muito felizes e agradecemos de coração ao povo poçoantense pela vitória do 11 uma aliança por um Poço das Antas melhor A grande promessa é muito trabalho e dedicação. Vamos gastar a sola do sapato para estar ao lado do povo durante os 4 anos”, destacou Laércio comemorando a vitória.

ricardo-e-laercio

 

Continuar Lendo

Feliz

Albano é prefeito e Junior o mais votado na Câmara

Publicado

em

No Vale do Caí, se houvesse uma bolsa de apostas no meio político, um dos mais cotados para a vitória era Albano Kunrath. E assim, como era esperado pela maioria dos conhecedores da política, ele, desta vez com Nélson Martini como vice, foi eleito, conduzido, assim, ao seu segundo mandato.
Albano, que foi vice de Cesar Assmann, acompanhou a reconquista econômica de Feliz e foi, dela, personagem importante. Depois da crise no final do século passado, com o fechamento de Antarctica e Parmalat, e no início deste século, com a saída da Reichert Calçados, Feliz, perdera muito do seu potencial, todavia, segue centro de uma região.
Kunrath e Martini têm o desafio de não serem grandes apenas em estatura física, mas em resultados de gestão. Terão que enfrentar problemas, sim, mas, especialmente, evitar novos fatos que depreciem a política local. Como a diferença de votos frente a Ângelo e Décio foi considerável, terão, agora, a oportunidade de buscar maior união na comunidade, para, quem sabe, unificar e pacificar Feliz, local onde as diferenças políticas, sempre, trouxeram resultados desfavoráveis ao crescimento.
“No meu modo de ver, com este pleito, está aumentando a responsabilidade e compromisso para trabalhar pelo bem-comum e desenvolvimento com a nossa Feliz”, citou o prefeito Albano, em entrevista na manhã de segunda.

NA CÂMARA JUNIOR É O DESTAQUE

Quando se fala no nome Junior, logo vem à mente um homem de pequeno porte físico, contudo, engana-se quem qualifica Junior Freiberger desta maneira. Beirando dois metros de altura e com três dígitos na balança, Junior é novato apenas na política, contudo, quando foi para o pleito, surpreendeu a muitos sendo mais votado dentre todos os candidatos de Feliz.
Tendo trabalhado na prefeitura de Feliz, Junior tem vasto conhecimento da coisa pública, assim, deixou seu nome a disposição dos eleitores para o legislativo. E não é que o novato foi eleito, e mais, teve a mais expressiva votação de todos?
Com 846 votos, Freiberger foi o mais votado e assim recebeu o reconhecimento da comunidade pela sua simplicidade e interesse por Feliz.

albanojunior-freiberger

Continuar Lendo

Trending