Conecte-se conosco

São Vendelino

São Vendelino é 100% transparente

Publicado

em

Entre os princípios da gestão pública está a publicidade, isso quer dizer, tornar público e transparente a todo aquele que buscar por informações, as pautas que lhe interessam. E isso é feito através dos veículos oficiais, em especial, os sites das prefeituras municipais. E assim, São Vendelino, nesta semana foi certificado como um município 100% transparente.

Ser transparente para uma administração municipal não é ter um ou mais funcionários a espera de questionamentos, ou limitado a prestar informações. Ser transparente é ter todas as informações disponíveis nos murais e também na internet, sendo possível, a quem procura, localizar o que quer e precisa achar. “Nada temos a esconder, muito pelo contrário. Somos um ente público e devemos respeito à comunidade que representamos”, pontuou o prefeito Evandro Schneider.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) avaliou, recentemente, os portais de transparência de todas as Prefeituras do Rio Grande do Sul. 
São Vendelino atendeu 100% dos itens analisados, sendo considerado Município transparente pelo Tribunal de Contas do Estado.

O levantamento analisou o cumprimento da Lei de Acesso à Informação com base na Lei da Transparência e na Lei de Responsabilidade Fiscal, que visam a disponibilização de informações e instrumentos de consulta à população. Foram avaliados 31 itens, entre eles, transparência e instrumentos da gestão fiscal, registro de despesas, registro de receitas e demonstrativos contábeis, sendo todos 100% atendidos pelo município de São Vendelino.

Através desta avaliação, a Administração Municipal tem o reconhecimento por órgão competente da seriedade, comprometimento e transparência com a comunidade de São Vendelino, que pode conferir e acompanhar os atos da gestão através do Portal da Transparência do Município.

A matéria na integra pode ser acessada pelo site: www.tce.rs.gov.br.

Continuar Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + seis =

São Vendelino

Diely reina no Pequeno Paraíso

Publicado

em

A nova Corte do 16º Kerbfest e do 14º Kerbball está eleita. A Rainha é Diely Audibert Schaefer e as princesas são Franciele Werle e Cristiane Haefliger.
Uma cidade que leva o codinome de Pequeno Paraíso e já teve rainhas lindas e sábias como Patrícia Willrich – em tempos distantes – só poderia fazer uma escolha de sua nova corte em grande estilo.
O evento ocorrido em 12 de abril, dentro da programação de aniversário de São Vendelino, teve como ponto alto a beleza das candidatas que, por muitas semanas participaram de preparação e formação, alcançando, assim, um patamar que vai muito além de uma mera embalagem. Belas e bem preparadas, as seis candidatas subiram à passarela já embaixatrizes de São Vendelino, assim, cada qual era uma parte viva da comunidade. Escolhida, seria, dentre elas, aquela com o título maior: rainha da Kerbfest. Mas, todas serão de fundamental importância para os dois anos que vem pela frente.

Sabe o prefeito Evandro Schneider, que já presidiu a Kerbfest, que tem vez em outubro próximo, o quanto o evento tem importância regional e, principalmente, cultural. Agora, com um bela corte e embaixatrizes compromissadas, pode ser iniciada a divulgação desta que é uma das principais festas da cultura alemã no Vale do Caí. Lembra o prefeito que a Kerbfest iniciou como uma junção do kerb dos católicos e o dia da reforma de Lutero. Mas, o evento, em São Vendelino, que inicialmente visava trazer ao pequeno município aqueles que dele eram oriundos hoje é, infinitamente maior. “Sabemos da nossa importância no contexto cultural e também de nossa responsabilidade, assim, junto com a nova corte, assim como é feito tradicionalmente, buscaremos fazer uma bela festa. Uma festa da comunidade em favor da comunidade”, comentou o prefeito dando a entender que a Kerbfest não é um evento de cunho comercial, mas sim, com amplo apelo sócio-cultural. Como é de praxe, ocorre ao final de outubro, e assim, cuca, linguiça, bolinho de batata, muita música e, claro, chopp já fazem parte dos sonhos de quem aprecia a verdadeira cultura teuto-brasileira.

Continuar Lendo

Alto Feliz

2018 de asfalto entre Alto Feliz e São Vendelino

Publicado

em

A notícia foi disparada pelo próprio prefeito Paulo Mertins, de Alto Feliz, no dia 30 de dezembro de 2017, através de mensagem de whatsapp.
“Para finalizar o ano com chave de ouro, o Ministério da Integração Nacional expediu a Nota de Empenho número 2017 NE 800522 para publicação no Diário Oficial da União de hoje, contemplando o Município de Alto Feliz com um recurso de R$ 1.800.000,00, para pavimentação asfáltica da estrada Alto Feliz – São Vendelino, somando-se mais R$ 1.300.000,00 para a mesma estrada para São Vendelino, o recurso totaliza R$ 3.100.000,00. Jamais, na história de Alto Feliz e região foi liberado um recurso tão elevado”, frisou o prefeito. Segundo Mertins a ligação é extremamente importante para em vários fatores: turismo, escoamento de safra, como, também, reduzirá significativamente a distância para quem se dirige da região da Serra em direção a região das Hortênsias, além de ser uma alternativa as frequências interrupções das RS 122 e RS 470. “Tivemos o decisivo apoio do Deputado Federal Mauro Pereira”, destacou Mertins.
Serão aproximadamente 4 quilômetros a serem asfaltados, mudando, radicalmente a vida de quem está convivendo com barro e poeira há décadas. A ligação asfáltica beneficia diretamente Alto Feliz (onde se encaixa na rua Jacob Ruschel, já asfaltada), e as comunidades de Piedade e Linha Griebler, em São Vendelino. Esta localidade de Piedade já tem um pequeno trecho pavimentado na gestão da então prefeita Marlí Weissheimer.
A luta pela pavimentação vem de décadas e, conforme previsão do executivo de Alto Feliz, a liberação dos recursos deverá ocorrer no primeiro semestre de 2018. Isso indica que, talvez no ano que está nascendo, haverá asfalto na via. Certamente haverá muitos brindes – com espumantes da Don Guerino – que é uma das empresas que terá facilitado o escoamento de sua safra e produção.
Inúmeras vezes, na história recente, governadores e deputados foram ao trecho, prometeram, mas não tiveram êxito em suas empreitadas. Agora, ao que parece, o que era devaneio ou sonho, será realidade. Esperamos que o dinheiro logo caia no caixa das prefeituras e os prefeitos Paulo Mertins, de Alto Feliz, e Evandro Schneider, de São Vendelino possam cortar a fita inaugural da via.
“Acredito que em março de 2018 estaremos inaugurando o asfaltamento da VRS 826, juntamente com o trevo de acesso, em Nova Milano”, finalizou o prefeito vibrando com as conquistas de seu primeiro ano, do quarto mandato a frente de Alto Feliz.

O trecho, em vermelho, será pavimentado

Continuar Lendo

Cultura

Kerbfest é lançada em grande estilo

Publicado

em

Qual é a melhor maneira de resgatar a história e a cultura?
A resposta é simples: promovendo festas. E São Vendelino aprendeu essa receita tem muitos anos. Foi batizada Kerbfest, aproximando a cultura do kerb das comunidades das mais diferentes origens étnicas. A realização em final de outubro tem relação com o Kerb católico e o dia da Reforma, dos luteranos. Aproximando as crenças de parte a parte, a comunidade se une.
Agora, ao chegar em sua 15ª edição, a festa do Pequeno Paraíso tem, por intuito, resgatar o que há de cultura de raiz. A começar pelo chopp, tipicamente alemão, produzido pela Urwald, a festa manterá a marca de edições anteriores e, buscará, através da proximidade com Sankt Wendel, resgatar outras questões. No evento de lançamento da festa, o povo foi conclamado a arrumar os seus trajes tipicamente alemães, tendo, ainda, algumas semanas para deixarem tudo de acordo. A ideia é fazer do município um pedacinho da Alemanha no Brasil, ainda que seja por apenas duas semanas.
O presidente da festa, e também prefeito Evandro Schneider, em seu discurso convocou a comunidade que, sempre, de maneira voluntária faz parte da organização da Kerbfest. Segundo ele, não será a comissão organizadora que irá fazer uma grande festividade, mas sim o povo. “Essa festa é do povo para o povo”, destacou ele em sua fala, saudando a comunidade em geral, desde o mais simples trabalhador ao empresariado. Saudou também e agradeceu a parceria da ex-prefeita Marlí Lourdes Oppermann Weissheimer que esteve no evento, reforçando a manutenção do que cultural.
Coube ao presidente da festa e a sua vice (que também é vice-prefeita) Margarete Gossenheimer conduzir as soberanas até o cenário principal. Vestidas de maneira única, remontando os tempos de imigração e a miscigenação cultural de São Vendelino, a rainha Francini Werle e pelas princesas Caroline Fischer Schaefer e Polliana Ledur brilharam. Em suas falas, sem requintes mas com graciosidade, ressaltaram a manutenção cultural, fazendo, posteriormente, brindes com a comissão organizadora.
Os trajes típicos criados por Cláudia Kerber, com todo o seu jeito são-vendelinense de ser, chamaram atenção pelas cores, os detalhes e o resgate à tradição. “Era no kerb que as mulheres ganhavam novos vestidos, assim mereciam esses trajes, também, ser muito bonitos”, citou ela, lembrando a funcionalidade de cada uma das peças da vestimenta.

A programação da Kerbfest ainda não foi anunciada, mas as datas sim. O evento acontecerá nos dias 20, 21 e 22; 27, 28 e 29 de outubro, bem no coração do Pequeno Paraíso. Quer mais? Eine Prosit para todos que apreciam o jeito simples de ser e de viver.
DSC_1108 DSC_1109 DSC_1116 DSC_1126 DSC_1106

Continuar Lendo

Trending